Video Drops

Em nossos vídeos abordamos assuntos que ajudam a entender angústias e fortalecer a saúde emocional.

Saudade

A saudade é um sentimento bom e saudável quando, por meio dela, criamos um contexto e um sentido de vida.

Neurodiversidade

Algumas das clássicas "desordens mentais" estão começando a ser vistas e valorizadas pelas organizações como modos diferentes de pensar. Chegamos à era da Neurodiversidade.

Pausas

Existe algo tão importante quanto realizar as inúmeras atividades a que cada um se propõe ao longo do dia: estabelecer pausas, momentos nos quais não se faz nada e é possível ter um reencontro consigo mesmo.

Consciência corporal e meditação

A consciência corporal pode ser entendida como um conjunto de percepções a respeito do que fazemos com nós mesmos, não só do ponto de vista físico, mas também mental e emocional.

Vida: morte e renascimento

Entender que dentro de nosso corpo vivemos em um permanente ciclo de morte e renascimento também pode ajudar a ampliar a percepção sobre o sentido da vida.

O “flow” e os 4 estágios para alcançá-lo.

Para que seja possível experimentar o estado de engajamento pleno, conhecido como Flow, e todos os efeitos benéficos e sensações positivas que ele gera, é preciso passar por 4 estágios: o aprendizado, o flow em si, o esgotamento e a recuperação.

Mitos

É fácil se deixar inebriar e seduzir por conceitos e modelos impostos pelos outros e assim viver uma vida inautêntica. É preciso entrar em contato com nossos próprios processos e assim deixar brotar nossos próprios mitos e nossos próprios caminhos.

O hábito de reclamar

O hábito de reclamar é algo difícil de controlar por que é natural do ser humano, e funciona até mesmo para gerar empatia e reforçar vínculos entre as pessoas.
No entanto, reclamar faz mal. Do ponto de vista físico, por exemplo, desencadeia a liberação de toxinas e hormônios do stress no nosso corpo.
Que tal reclamar menos e criar, para você e para quem está em volta, um ambiente mais saudável?

Perdão

Perdoar faz bem à saúde, tanto mental quanto física. Além de ajudar a evitar a depressão, o perdão contribui para reduzir os níveis de stress e de ansiedade.

O Futuro do Trabalho

Qual é o sentido do trabalho? A recente aplicação da inteligência artificial na execução de tarefas burocráticas, até então realizadas por seres humanos, pode sinalizar um futuro no qual seja possível ter um trabalho com mais significado e alinhado ao propósito de vida de cada um de nós.

Mesentério

Órgão do corpo humano já descrito por Leonardo Da Vinci no século XV, o Mesentério foi recentemente "redescoberto".
Os cientistas reforçaram sua importância na estabilidade dos sistemas digestivo, vascular, endócrino, cardiovascular e imunológico, além do papel de conectar esses sistemas ao cérebro.

Adaptação

A adaptação social favorece o egocentrismo e a megalomania. A compaixão e a empatia, por outro lado, não são naturalmente desenvolvidas e valorizadas; são atitudes que precisam ser cultivadas e mesmo "treinadas".

Fantasmas

Todo mundo tem seus fantasmas. É melhor olhar para eles de frente e torná-los nossos aliados do que deixá-los escondidos e tê-los sempre "puxando nosso pé".

Motivação e felicidade

Em nossa busca pela felicidade, é natural encontrarmos motivação em fatores externos, como dinheiro e bens materiais. Porém, a felicidade duradoura está muito mais ligada à motivação interna, intrínseca, que se baseia nas relações humanas, nas conquistas não materiais e na sensação de pertencimento.

Stress e Ansiedade

Stress e ansiedade podem ser bons, dependendo da maneira como os encaramos. Por outro lado, o stress crônico e fora de controle danifica o cérebro, podendo até reduzir o número de sinapses, as conexões cerebrais. Exercícios, meditação e terapia são os melhores antídotos para o stress ruim.

Consciência

Estar realmente presente em nossas atividades é um grande desafio, na medida em que a consciência nos espreme entre a experência do passado e a expectativa do futuro.

Criatividade e Movimento

Nosso corpo foi feito para se movimentar. O movimento livre, de formas diversas, impulsiona a imaginação, estimula a criatividade e revela novas formas de resolver problemas e viver melhor.

Ansiedades

É importante conhecer e saber identificar os diferentes tipos de ansiedade e entender que a boa ansiedade nos faz curiosos e nos impulsiona em direção aos nossos objetivos.

Realidade Maior

O mundo não tem significado por si mesmo. Esse significado é criado por nós, em uma combinação de historias reais e histórias inventadas ou imaginadas. Essa mistura forma a nossa realidade, que sempre é "editada" segundo nossas crenças, mitos e vontades.

A importância de não fazer nada

Não fazer nada pode gerar angústia pelo fato de vivermos em uma cultura que impõe uma superocupação e tende a nos fazer sentir mal quando não estamos produzindo ou resolvendo coisas o tempo todo. Por outro lado, reservar momentos para o "fazer nada" pode revelar novas ideias e motivações, pois parados criamos a possibilidade de experimentar impulsos em direção a diferentes caminhos.

Livre arbítrio

As pesquisas de Benjamin Libet mostraram que as respostas cerebrais aos estímulos externos acontecem num nível inconsciente e antes de que possamos perceber racionalmente desses estímulos. Isso produz uma reflexão sobre a ideia do livre arbítrio, pois só seria possível aplicá-lo sobre as nossas reações e agir de acordo com ele de maneira "corretiva", depois dessa tomada de consciência.

O hormônio dos ossos

Os ossos não tem somente a importante função de sustentar o corpo. Neles é produzido um hormônio: o osteocálcio, que tem papel relevante no desenvolvimento cerebral e na memória espacial. Essa descoberta reforça a importância de ossos saudáveis para o bem estar e abre possibilidades de se usar o movimento em terapias, com o objetivo de trabalhar o humor e fortalecer a saúde emocional.

O futuro do trabalho

A crescente automação de tarefas antes realizadas por seres humanos certamente irá mudar a forma como lidamos com o trabalho. Mas qual cenário tem mais chances de se tornar realidade no futuro? O pessimista, segundo o qual muitos perderão seus empregos e dificilmente conseguirão recuperá-los, ou o otimista, que prevê a dedicação a tarefas com mais significado e que tendem a trazer um sentido de realização muito maior?

Percepção

Os sentidos humanos são limitados. Sons e cores, por exemplo, só são percebidos se estiverem dentro de uma certa faixa de frequência. A tecnologia está começando a ser usada para expandir essa percepção, e pode ajudar o ser humano a entender melhor seu mundo e sua vida.

Comunicação

Parar, ouvir e em seguida pensar na resposta. Parece natural, mas é um comportamento que raramente se vê. Saiba quais são as atitudes que contribuem para uma melhor comunicação e criam as bases para relacionamentos transparentes e autênticos.

Felicidade

Vivemos em uma sociedade que nos estimula a ser narcisistas, "ter" cada vez mais e acreditar que assim também "teremos" felicidade. No entanto, o caminho para sentir-se feliz e encontrar um significado para a vida está no "ser", na capacidade de aprender a lidar com problemas e limites e na valorização de si mesmo e dos outros.

Autoconfiança vs Autoestima

Autoconfiança é a crença no sucesso em um objetivo ou desafio, muitas vezes já conhecido. A verdadeira coragem de se lançar rumo ao desconhecido tem origem na autoestima, que funciona como a lente através da qual olhamos o mundo e determina a forma como nos posicionamos e agimos em relação a nós mesmos e os outros.

Pertencimento

Sentir que pertencemos a algo maior é fundamental para a construção da nossa identidade. Aceitar diferenças e se abrir para o entendimento do outro são algumas das posturas que nos ajudam a viver o pertencimento.

Rituais

A concentração antes de um jogo, a ceia de Natal, o luto. Rituais sempre fizeram parte da existência humana, e mais do que apenas rotina ou prática tradicional, podem ser importantes para a estabilização emocional em momentos difíceis.

Fim de Ciclos

Existem duas formas de lidar com o fim de um ciclo: apegar-se à dor inerente a esse momento ou tratar esse "fim" como um recomeço, abrindo assim infinitas possibilidades de novos ciclos e experiências.

Mudanças

Toda mudança é um momento de revisitar experiências marcantes do passado e, a partir daí, pensar e viver o presente em todas as suas possibilidades.

Impermanência

Aceitar a impermanência é um passo para se fazer mais presente na própria vida. Quando percebemos que tudo é finito e nada está sob nosso total controle, compreendemos a fragilidade da vida e passamos a valorizar o momento presente, com menos apego ao passado e menos expectativa em relação ao futuro.

Disciplina

A disciplina é frequentemente associada a controle e punição. Mais importante que isso, ela é a base para se alcançar qualquer objetivo na vida. Manter a disciplina torna-se mais fácil quando são utilizados certos condicionamentos mentais, como "fatiar" as tarefas e gerar pequenas recompensas.

Chronos ou Kairós. Qual tempo você vive?

Chronos é o tempo do relógio, linear, que se vive no dia a dia. Kairós é o tempo próprio, totalmente presente, um momento de plenitude. Kairós é o tempo vivido com entrega, que afasta o caos atrai a felicidade.

Síndrome do impostor

Uma pessoa com síndrome do impostor não acredita em sua própria competência, atribuindo suas conquistas e seu sucesso a fatores como sorte ou acaso. Ela também tende a manter um certo distanciamento dos outros, temendo que eles descubram a "fraude" que ela imagina ser.

“Sangue nos olhos”

Ter "sangue nos olhos" significa experimentar um estado de consciência especial, de conexão, no qual a atenção é 100% direcionada à ação que se está realizando no momento.
Também conhecido com "flow", esse estado é um gerador de felicidade, na medida em que provoca respostas físicas e mentais positivas como, por exemplo, a liberação de hormônios ligados ao prazer.

Resiliência

A resiliência é um conceito criado pela Física: a capacidade de um corpo voltar a seu estado inicial depois de ter sua forma alterada por um impacto ou uma pressão contínua. Para as pessoas, a resiliência é a habilidade de enfrentar problemas, crises e sair deles sem danos permanentes.

Música e saúde

A música tem efeitos diretos na saúde, que vão do aumento da sensibilidade e da empatia, passam pela liberação de hormônios ligados ao prazer e vão até o aumento do número de glóbulos brancos no sangue.

Existência real x existência virtual

Seria bom viver só o que a vide tem de bom, eliminando dores e problemas? Aparentemente sim, mas isso poderia ter um custo alto: a ausência da percepção do outro e a incapacidade em desenvolver empatia e compaixão, tão necessárias no mundo de hoje.

A crise dos 30

As crises pessoais ao longo da vida, entre elas a famosa "crise dos 30", são momentos em que questionamos ou rompemos com padrões e expectativas que foram traçados por nossos pais e pela sociedade.

Solidão

Cada vez mais assustadora e vista como uma condição a ser evitada a todo custo, a solidão pode ser um caminho para a descoberta do criativo e do original em cada um.

Devoradores de almas

Saiba o que são e não deixe um deles sabotar seus planos ou sua felicidade!

1 Comentário

  • Maria hemmel

    Parabéns, os vídeos são ótimos, me ajudaram muito!

  • Escreva um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    resiliencia

    Resiliência, trabalho e recuperação

    Resiliência é definida como a capacidade que temos de nos adaptar às mudanças e as situações que a vida pode nos trazer. …

    cabeça aberta

    O que significa ser uma pessoa de “cabeça aberta”?

    Em pesquisa recente da Universidade de Melbourne, na Austrália, cientistas estudaram a personalidade de voluntários e suas …

    física quantica

    Consciência e Física Quântica

    Nosso cérebro nos surpreende cada vez mais com sua complexidade. Pesquisas recentes que combinam neurociência e matemática …