Reflexões, dicas e ideias

Este é um espaço para troca de ideias e difusão de conhecimento. Leia, comente e faça sugestões de temas!

neuroplasticidade

Neuroplasticidade

A ideia de colocar nossa intenção em algo e fazer afirmações diárias convergem para a noção de que se temos certeza daquilo que queremos e separarmos um tempo de nossas vidas regularmente para fazermos pequenas ações em prol disso, fazemos “mágica” acontecer.

Pode parecer que a ideia esteja enraizada no esoterismo, e por isso muitas pessoas a descartam antes mesmo de tentá-la.

Entretanto, pesquisas em neuroplasticidade revelam nossa capacidade neurológica em alterar nossas crenças, comportamentos e hábitos.

 

neuroplasticidade

 

O conceito de neuroplasticidade diz que nosso cérebro se altera de acordo com as experiências que vivemos.

O Professor Richard Davidson, fundador do Center for Healthy Minds, investiga maneiras de usarmos potencialmente a neuroplasticidade para induzir mudanças positivas.

Dr. Davidson é também um dos pesquisadores que estuda os efeitos da meditação.

Ele diz que estamos aprendendo a cultivar hábitos saudáveis para nossa mente, assim podemos reorganizar e reestruturar nosso cérebro para responder a situações diferentes e desafiantes que encontramos em nossas vidas.

 

neuroplasticidade

 

Quanto mais nos expomos a desafios, como aprender algo novo, mais reorganizações e novos caminhos podemos abrir em nosso cérebro.

Geralmente isso acontece involuntariamente, mas podemos fazer isso voluntariamente também.

Existe uma estreita correlação entre corpo e mente, ou melhor, quase nenhuma diferenciação.

Dr. Davidson fala de uma “mente corporificada” para dar conta  da ideia de que nosso cérebro não tem uma arquitetura dividida do corpo, mas funciona bidirecionalmente.

Assim, se você está com dificuldade de mudar seu pensamento, comece pelo corpo.

Stanley Keleman diz que podemos intervir sobre nossos próprios processos e nossas próprias formas corporais por meio de Esforço Muscular Cortical Voluntário, a base da Psicologia Formativa.

Assim, podemos intervir e alterar nossas emoções.

 

neuroplasticidade

 

O método de Keleman pode ser considerado uma prática meditativa, já que pressupõe parar, perceber, fazer forma, fazer mais forma, fazer menos forma, parar novamente e perceber as novas formas que podem brotar de nós mesmos e os novos caminhos que podem se abrir.

Intenções e afirmações diárias contribuem para o processo.

Aquilo que desejamos e nos motiva, para o bem ou para o mal, nasce de nossas experiências e também da procura por constante satisfação no presente, determinando nossas ações futuras.

Assim criamos um padrão de relacionamento com o mundo, uma maneira de responder às situações que a vida nos traz.

Ao estabelecermos uma intenção e nos centrarmos nela, colaboramos para essa alteração neural. Entretanto, apenas a intenção, sem a prática, não tem resultados efetivos.

Além de pensamento precisamos de ação e sentimentos.

Por isso a prática dos cinco passos de Keleman contribui para a sedimentação da prática meditativa e intenção.

Podemos praticar e efetivamente criar novos espaços, permitindo que o novo possa surgir em nós.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Êxtase

Estar em êxtase é se encontrar transportado para fora de si e do mundo sensível. Este estado pode ser gerado por uma exaltação …

neuroplasticidade

Neuroplasticidade

A ideia de colocar nossa intenção em algo e fazer afirmações diárias convergem para a noção de que se temos certeza …

epigenetica

Epigenética

Herdamos traços de nossas famílias de diferentes formas, não apenas na codificação genética. Uma afinidade por música …