Reflexões, dicas e ideias

Este é um espaço para troca de ideias e difusão de conhecimento. Leia, comente e faça sugestões de temas!

foco em exceso

O foco em excesso pode ser prejudicial?

Nossa habilidade de manter o foco de atenção é um importante fator para nossa eficiência e excelência em qualquer área de nossas vidas.

Existem inúmeras evidências de que o uso de ferramentas como listas, tabelas e calendários contribuem para nos manter nas tarefas.

Pesquisas mostram que resistir a distrações e se manter presente traz benefícios na regulação das emoções e facilitam o processo de dar sentido a experiências passadas.

 

 

Entretanto, essa visão simplista de foco e presença pode trazer o “lado negro da força”.

O foco excessivo pode levar o circuito responsável no cérebro por esta habilidade à exaustão, esgotando nossas fontes de energia e nos transformando em pessoas mais impulsivas, menos compassivas e menos colaborativas, além de prejudicar nosso processo de tomada de decisão.

“Nem oito nem oitenta” diz o ditado. Aparentemente o caminho do meio é a solução.

 

focar e desfocar

 

Pesquisas recentes nos mostram a importância de focar e desfocar.

Nosso cérebro, quando trabalhamos com os dois princípios, desenvolve resiliência, aumenta a criatividade e, consequentemente, podemos tomar melhores decisões.

Quando podemos relaxar e “desligar” nosso foco abrimos a possibilidade para o corpo ativar memórias antigas e “viajar” no tempo, “passeando” entre passado, presente e futuro.

Assim abrimos caminhos para que associações e recombinações de ideias aconteçam.

Podemos desenvolver maior consciência de nós mesmos, imaginar soluções criativas para problemas e, até mesmo, pensar em tendências futuras.

Esse estado de relaxamento também colabora para uma melhor qualidade de conexão com outras pessoas, nos deixando disponíveis para realmente olhar e ouvir o outro.

 

foco e mente

 

Existem algumas maneiras de ativar esse estado de relaxamento:

  • Sonhar acordado e deixar os pensamentos divagarem.

Podemos, intencionalmente, nos colocar em uma atividade que tenha pouca demanda de energia atencional, como colorir, fazer crochê ou tocar um instrumento que você já tenha experiência.

Podemos experimentar usar a imaginação ativa para visualizar algo que deseja fazer.

Jerome Singer, pesquisador, diz que sonhar acordado faz com que nosso cérebro altere a maneira como encontra informações armazenadas, permitindo que importantes fatores constituintes de nossa personalidade venham a tona, como o cheiro da casa de nossa avó, ou a satisfação de tomar um banho de chuva.

O sonhar acordado pode também encontrar novas maneiras de conectar ideias, estimulando a inovação e criatividade.

  • Tirar um cochilo.

Estudos mostram que depois de dez minutos de uma soneca, ficamos mais atentos e alertas.

Entretanto, se precisamos ser criativos, noventa minutos seria o ideal para rebobinar o cérebro.

  • Fingir que é outra pessoa.

Quando estamos estagnados em algum processo, encarnar e viver outra personalidade pode trazer outra perspectiva.

  • Olhar para o horizonte.

Não necessariamente precisamos ter a linha do horizonte a nossa frente, podemos olhar para a parede em branco e usar nossa imaginação.

O principal aqui é relaxar o globo ocular, como se a imagem pudesse se fazer na parte de trás da cabeça, não exatamente nos olhos.

 

As terapias também colaboram como um momento de desconexão da rotina, mudando o foco de atenção para si e para seus próprios processos.

Elas podem abrir possibilidades para associação de ideias e soluções criativas de problemas por meio da conexão com camadas mais profundas de nossa existência.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

neuroplasticidade

Neuroplasticidade

A ideia de colocar nossa intenção em algo e fazer afirmações diárias convergem para a noção de que se temos certeza …

epigenetica

Epigenética

Herdamos traços de nossas famílias de diferentes formas, não apenas na codificação genética. Uma afinidade por música …

foco em exceso

O foco em excesso pode ser prejudicial?

Nossa habilidade de manter o foco de atenção é um importante fator para nossa eficiência e excelência em qualquer área …